Cotidiano

É a lama, é a lama…

Vou tentar dormir. E como é possível desejar boa noite pra algum brasileiro, especialmente hoje? Realmente, “o Brasil não merece o Brasil”.  E ainda “só são” 25 dias de janeiro… Sampa, eu te amo. Amo que minha existência cabe nos seus espaços, nas suas ruas, na sua cultura… Amo que aqui sou tão somente eu, mais uma na sua multidão. Obrigada por continuar me acolhendo. E desculpa por hoje não conseguir comemorar você.


Fotografia de Lorena Dini

0

Uma terapeuta ocupacional, que escreve para (tentar!) entender o (seu) mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.